Sobre Mim

Sou Vanessa Ary,

Nutricionista e apaixonada por alimentação saudável, culinária, natureza e todos os aspectos que influenciam em nossa saúde, corpo, mente e alma.

Nem sempre foi assim. Acreditem ou não, eu não me alimento bem desde sempre… Minha infância foi regada a bolinhos e docinhos de vó, excesso de carboidratos e de laticínios, e muitos quitutes industrializados nas infinitas tardes após a escola, o que me fazia estar sempre doente, com inflamação de garganta, otite, intestino desregulado, desânimo, mudança de humor e pouca energia. Isto tudo resultou em um problema sério de saúde que me levou a mais de 10 anos de tratamento com antibiótico, como era o protocolo da época. É certo que isto desregulou ainda mais meu organismo e me deixou mais sensível e aberta a desenvolver os mais variados sintomas, alergias e inflamações. Aos 7 anos virei uma “bolinha” e passei a adolescência toda com muita compulsão, inflamações e dores aqui e acolá. Minha dificuldade de emagrecer e me sentir bem me levou a tentar de tudo e a fazer dietas malucas e então fui procurar minhas próprias respostas. Resolvi estudar nutrição, acredito que para encontrar minha própria cura.

Ao longo desta transformação, em muitos momentos achei que já tinha uma alimentação “super saudável”, inclusive com muitas das diretrizes e orientações da própria universidade de nutrição e da pirâmide clássica dos alimentos. Aos poucos, após estudar e testar em meu dia-a-dia os aprendizados, fui entendendo que sempre existe uma espiral acima no que diz respeito ao que é saudável, e principalmente, isto muda de pessoa para pessoa, e de período em período, dependendo do que nosso organismo está apto a digerir e assimilar por questões diversas de saúde, genética e histórico de vida. isto me levou a sempre refletir e disseminar o lema “nada é bom para todos a todo momento”. Cozinhar também passou a fazer parte de minha rotina, embora antes de me formar eu achava que “nutricionista não era cozinheira…”, que engano! Cozinhar é uma forma de amar, principalmente a si mesmo. Cozinhar é colocar nossa energia naquilo que nos abastece diariamente e realmente muda a forma como lidamos com a alimentação e a nutrição.

Compreendi também que não é possível mudar hábitos sem sentir na pele e ter um grande motivo para isto. Este é o primeiro passo, com certeza. Você precisa QUERER cuidar de si e se responsabilizar por isto. Porém também percebi que, geralmente, existe algum motivo maior para todo este desequilíbrio, compulsão, inflamação e excesso de peso, que vai até além de nossa motivação, o que às vezes nos deixa frustrados de tantas tentativas sem resultado efetivo e permanente.

Estudando Medicina Chinesa e Nutrição Funcional comecei a entender que o equilíbrio bioquímico de nosso organismo faz toda a diferença em como nos alimentamos,em como vivemos e em todos os nossos hábitos. A falta de minerais e vitaminas, um inflamação, uma intoxicação de metais pesados (muito comum, por sinal), a má digestão e a disbiose intestinal, que geralmente é a causadora de tudo isto, não nos permite ir muito além no que diz respeito a conquista da saúde, somente com uma simples mudança na alimentação (que é claro, essencial, mas às vezes sozinha não resolve). Estudando mais a fundo sobre isto nos anos seguintes, entendi que não há nutrição sem desintoxicação e passei a me desintoxicar profundamente de diversas formas e sentir os resultados que nunca havia conseguido ter, mesmo já me alimentando excelentemente bem.  Comecei a entender, então, como todos os nossos hábitos estão intimamente ligados com o que se passa em nosso sangue, órgãos e tecidos.

Passei a utilizar  esta abordagem como ferramenta principal no consultório, tanto no emagrecimento como em quase todos os outros casos, sintomas e doenças diversas, que estão sempre relacionados com toxinas alimentares (aditivos, conservantes, corantes, adoçantes artificiais), ambientais (poluição, panelas, cosméticos, produtos de limpeza, etc) e até endógenas (subprodutos de bactérias, fungos, parasitas, e processos inflamatórios). Desta forma, limpando o organismo, um “novo mundo” se instala dentro de nosso sangue e tecidos, modificando até nosso paladar (influenciado também por toxinas!) e possibilitando mudanças de hábito mais conscientes e prazerosas, e a alimentação passa a ser vista com outros olhos.

Além disso, por diversas outras experiências, inclusive fora do tema alimentação-nutrição, mudei radicalmente a forma de enxergar a vida e a própria nutrição, pois entendi que existem “outros nutrientes” essenciais, capazes de construir e manter nosso estado de saúde e nossa felicidade. “Nem só de proteína, carboidrato e gordura, vive o homem”, rs! Nosso organismo é um todo, e inclui nosso equilíbrio e lucidez mental/ emocional e nossa alegria de viver! Nossos pensamentos e sentimentos influenciam diretamente na bioquímica de nosso sangue. Um estresse decorrente de insatisfações, por exemplo, libera cortisol, que rouba nutrientes importantes, levando a inflamações, má digestão e gerando doenças e sintomas diversos.

Portanto, considerar que existem “outros nutrientes” é entender que, além da alimentação precisamos de atividade física, sol, oxigênio, natureza, afeto… e temos também que alimentar nossa alma, encontrar nosso propósito de vida, o que nos faz brilhar os olhos e exercer nosso papel neste mundo, recuperar a vontade de viver, achar um sentido para tudo isto, e principalmente, estar felizes conosco, o tão falado e desejado estado de equilíbrio interior e amor próprio. Esta é a nutrição maior e sem esta busca ou conquista, nenhuma fórmula mágica de saúde vai funcionar. ‘Nutrição além do prato’ é esta prática diária de integrar e unir todos os fatores necessários para trazer o significado maior para a qualidade de vida, para que cuidar de si e ter uma alimentação saudável façam mais sentido.

Bom trabalho!

As minhas 5 regras de ouro

Priorizo a COMIDA DE VERDADE! Aquela que nasce na terra e cresce na árvore!

Quanto mais fresco, natural e orgânico, e menos processado for um alimento, melhor será a digestão e o aproveitamento de seus nutrientes.

Acredito que sem digestão não há nutrição, então a primeira meta é MASTIGAR!

Não conto calorias e quantidade, conto nutrientes e qualidade!

Aprendi que sem desintoxicação não há nutrição. Então, incentivo e oriento uma alimentação limpa e um programa de detox bem orientado que te permite conquistar a verdadeira nutrição.

Formação e Especialização

Atuo há quase 15 anos em nutrição clínica.

  • Formação em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo – 2005
  • Pós graduação em Nutrição Clínica Funcional (CEVP – VP consultoria nutricional) – 2009
  • Especialização em Nutrição Complementar Integrada pelo Instituto Vida Una  (Medicina Tradicional Chinesa) – 2008
  • Pós graduação em Fitoterapia pela Faculdade JK (Brasília DF) – 2018

Que você consiga aprender a cuidar de si e a nutrir, a cada dia, sua saúde e bem estar para viver uma vida mais plena e com mais vitalidade e saúde, agora e sempre.

Estou aqui para te ajudar a construir sua saúde! Através das bases da Nutrição Funcional, Fitoterapia, Desintoxicação, Coach, Medicina Chinesa e experiências de vida, procuro utilizar uma abordagem para uma orientação completa e transformadora. Quer saber mais sobre como posso ajudar? Entre em contato comigo, via WhatsApp, pra bater um papo sobre o seu caso e necessidades =)